TITLE

DESCRIPTION

Emprego Apoiado favorece a inserção de pessoas com Síndrome de Down no mercado de trabalho

O mercado de trabalho tem aberto mais espaço para a inclusão de pessoas com deficiência, e projetos sociais, como o Emprego Apoiado, do CEESD, têm sido essenciais para favorecer não só um maior número de profissionais atuantes, mas também para garantir que estes fiquem empregados por períodos maiores do que os das cotas obrigatórias.

Hoje, temos o artigo 27 da convenção da ONU sobre os direitos das pessoas com deficiência, que defende que todos têm direito a oportunidades iguais de trabalho, além disso, no Brasil, a Lei de Cotas (art. 93 da Lei nº 8.213/91) exige que as empresas com 100 ou mais funcionários tenham reservas legais de cargos para pessoas com deficiência. No entanto, nós sabemos que ainda é possível aumentar esse número de contratações e aproveitar o potencial que essas pessoas com deficiência oferecem. Existem profissionais muito bem preparados e que não conseguem as vagas pelo formato normal de concorrência ou que são contratados apenas pelo período em que a empresa é obrigada, e para ajudá-los nesse processo, criamos o Emprego Apoiado.

Aqui, no CEESD, atendemos pessoas de todas as idades, e em diferentes projetos; um deles é o

programa Emprego Apoiado, realizado em parceria com a Fundação FEAC. Com a aplicação desta metodologia permitimos que os jovens atendidos sejam direcionados para a inclusão no mercado formal de trabalho, com acompanhamentos desde o preparo inicial destes jovens, até a assessoria às empresas contratantes.

O nosso grande diferencial está no formato em que empregamos esse projeto: ao invés de identificar as vagas em que eles possam se encaixar, começamos entendendo o que cada jovem faz de melhor, e assim, desenvolvemos um modelo de trabalho para levar às empresas, que então fazem o processo seletivo para implementação do cargo. Além de aproveitar os potenciais dos jovens, conseguimos atender as necessidades das empresas envolvidas.

FASE 1: traçamos o perfil profissional do jovem e da comunidade em que ele está inserido. Então, são feitas visitas às empresas parceiras para apresentar melhor o projeto. Na sequência, são realizadas vivências para que esses jovens testem na prática a rotina de trabalho e identifiquem se estão no caminho certo. Com isso, cada jovem consegue criar um portifólio próprio.

FASE 2: aqui, o desenvolvimento do emprego acontece por meio da personalização do trabalho – nossa equipe totalmente capacitada faz o mapeamento da vaga e cria um formato customizado de tarefas que estejam de acordo com a demanda da empresa e as potencialidades do jovem que será contratado.

FASE 3: é dado todo o suporte necessário para jovem e empresa, até que ambos se sintam autônomos para dar continuidade sozinhos à atuação profissional.

O CEESD ainda oferece programas, como:
Programa de Estimulação (que atende crianças do nascimento aos 2 anos e 11 meses); Programa de Inclusão Escolar : (crianças de 3 a 11 anos e 11 meses);

Programa Intermediário (para adolescentes de 12 a 15 anos e 11 meses);

Programa Vida Adulta (jovens a partir de 16 anos),

e Acolhimento de Pais (apoio para famílias durante a gestação e pós nascimento).

Quer saber mais sobre esse e outros programas do CEESD? Fale com a nossa equipe!

Estamos disponíveis nos contatos:

(19) 3795.4690 / (19) 97114.2995

empregoapoiado@ceesd.org.br / ceesd@ceesd.org.br

Deixe um Comentário!

o que já estão dizendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *